TRISTE PERDA! ATIVISTA TRANS É CRUELMENTE ASSASSINADA NA ARGENTINA

0
310

2015-10-14-Diana-Sacayan-esfaqueada-ativista-trans-argentina-585x389A ativista transexual Diana Sacayán foi assassinada a sangue frio em sua casa de Buenos Aires na terça-feira passada, um crime que comoveu a sociedade argentina e que mostra a violência que sofre este coletivo apesar da normalização social que tenta alcançar.

O assassinato de Sacayán, além disso, não é um caso particular. Segundo a Anistia Internacional, se trata do terceiro crime contra uma pessoa transexual na Argentina no último mês, após o de Marcela Chocobar na província de Santa Cruz e o de Fernanda “Coty” Olmos em Santa Fé.

Diana era líder do Movimento de Libertação Anti-Discriminação e membro de um grupo internacional LGBT. Segundo a polícia, o síndico do prédio em que ela morava viu a porta do apartamento aberta e chamou um amigo da vítima. Ao entrarem, encontraram o corpo em uma poça de sangue no chão.

A polícia está investigando o homicídio e acredita que Diana foi atacada por duas pessoas. Em 2012, a ativista recebeu, da mão da presidente Cristina Kirchner, os documentos com sua identidade feminina.

Leia mais em PortalTerra