CHÁ DAS QUINTAS – DÉBORAH DE CASSIA

0
221

Hoje bati papo com a querida Déborah de Cassia, cearense que mora em portugal desde 2008.

TATIANA HILUX – Olá Deborah, quanto tempo! Estou voltando a me montar depois de 7 anos parado e reencontrando pessoas queridas de outrora. Me conta o que você tem feito desde 2011…

DÉBORAH DE CASSIA – Olá minha querida , estou a onze anos em Portugal , desde 2008, que trabalho por conta própria, tenho meu salão de cabeleireiro e já possuo a documentação portuguesa,pois sou casada com um português ,que sempre me apóia em tudo e foi fundamental para meu crescimento e estabilidade aqui na Europa.

TH – Você mora na Europa e é filha da Manuela de Cássia. Como foi o estreitamento da relação entra vocês duas?

DC – Tudo começou quando uma​ pessoa que não vale aqui ser pronunciada, foi embora da minha casa aqui em Portugal, por motivos frustrantes para mim, que na época ainda acreditava que a maldade não seria pagamento para a bondade, em fim. Aí a Samantha de Cássia que não me conhecia de modo algum, ficou querendo entender como uma pessoa era tão apedrejada por outra, tudo começou daí, Samantha me adicionou no Orkut (nesse tempo não tinha Facebook),aí falei minha história para ela, que foi me entendendo, me fazendo crer que não se atira pedras em árvores que não dão frutos, desse momento em diante eu ganhei uma irmã. Então ela conversou com a Manuela de Cássia, relatou minha história, que também foi passada a Nicolly de Cássia e dai então veio o convite para eu fazer parte desta família, onde fui bem recebida por todas e dali em diante fui motivada, rejuvenescida e acima de tudo, comecei a ver a vida com outros olhos, me olhei no espelho e vi alguém forte, capaz e como uma fênix renasci.

TH – Beijo pra Manu!!! Como tem sido o mercado para shows, desfiles de drag em Lisboa?

DC – Olha são bem, mas no meu caso eu não tenho tempo para shows, pois trabalho muito, então eu dei um tempo. Vou quando é aniversário de amigos; Os shows requerem muito da gente e como eu não tenho tempo para me dedicar, estou um pouco ausente do transformismo, mas aqui como em qualquer lugar do mundo é um celeiro de grandes artistas.

TH – Uma vez chegamos a nos ver aqui em Fortaleza. Tens vontade de voltar a morar aqui novamente?

DC – Sim, nos vimos muito rápido. Eu sou louca para voltar para minha terrinha, mas como meu marido é daqui fica mais complicado voltar, mas quero muito voltar para o Ceará, embora saibamos que infelizmente a atual situação enfrentada no Brasil nos entristece por conta de tanta violência e falta de competência dos políticos em nos dar garantia de uma vida digna e segura.

TH – Em relação às suas produções de montagem. Você mesma cria e idealiza ou tem outras pessoas que te ajudam? Eu sou pêssega, pêssega, mona… Peço tudo aos outros kkkk.

DC – Em relação às minhas produções, eu mesmo que criei no começo, era complicado, mas hoje já estou bem melhor na minha maquiagem e vestuário, depois que a minha família de Cássia me deu apoio e foi ajudando tudo melhorou. Samantha de Cássia, por exemplo, sempre que vou fazer show ela dá sua opinião, como sei que é para meu crescimento profissional aceito e tento manter a disciplina sem perder a minha essência, e como a vida é um eterno aprendizado estarei sempre disposta a aprender e melhorar.

TH – Amizades. Quem hoje em dia você não deixaria de estar perto por nada?

DC – Samantha de Cássia, acho que ela é minha irmã gêmea, quando estou com problemas ela sempre está comigo, não só me escuta, mas sinto que dentro dela tudo que fala é para o meu bem, sempre me aconselhando e também respeitando a minha opinião, depois a Nicoly de Cássia e Manuela de Cássia sempre que preciso de apoio elas estão prontas para ajudar e óbvio não esquecendo do meu maridão.

TH – Crise no Brasil. Como está o nome da nossa terra além mar?

DC – O Brasil só é mal visto, não apenas pela a crise e sim pela violência, que faz com que a imagem do nosso País seja péssima aqui, além do fator vergonhoso que é a corrupção ativa ai que nos entristece e envergonha, mas acredito que em breve haverá dias melhores.

TH – Deixa uma mensagem para os leitores do meu blog, por favor! Beijos calorosos e espero te ver em breve. Aqui ou aí… Cheiro da Taty…

DC – Eu sou muito grata aos meus amigos e amigas do Brasil, quando vou aí sempre sou bem recebida, esse ano fui a Fortaleza,estive no miss Ceará e no aniversário do portal Onix na Level, amei o carinho das meninas e de grandes amigos como Irivam e Vladimir do Onix Dance ,obrigada de coração e a VC Taty só tenho que agradecer pelo carinho que tem comigo e sempre que for possível estarei em meu Ceará novamente, pois não conheço outro lugar no mundo onde nós sentimos mais energizadas do que o fabuloso estado do meu Ceará. BJOS A TODOS.

Deixe uma resposta