CANTOR GOSPEL SAI DO ARMÁRIO E GRAVA CD COMO DRAG QUEEN

0
116

Nome em ascensão na música gospel nacional, o cantor Lucas Fernandes surpreendeu os fãs, no último final de semana, ao dar uma reviravolta em sua carreira. Com dois discos dedicados à música evangélica em seu currículo, o artista assumiu sua homossexualidade, mudou o nome artístico para Lucas Miziony e anunciou o lançamento do EP de música pop Homem ou mulher, no qual aparece como drag queen.

O artista paulista de 23 anos, que até o ano passado integrava a Assembleia de Deus de São Paulo e trabalhava na gravação do seu terceiro disco do gênero gospel, afirmou que se inspirou em Pabllo Vittar para realizar a mudança artística. “Quando apareceu a Pabllo, me apaixonei imediatamente. Percebi onde eu poderia chegar”, afirmou em entrevista ao Uol, revelando que vivia “com uma máscara”. “Agora quero mostrar que sou uma pessoa como qualquer outra. Quero quebrar esse preconceito”, complementou o músico.

Com mais de 4,6 mil seguidores na fan page, o músico divulga seu novo trabalho, o EP Homem ou mulher, no qual apresenta suas duas facetas, o homem homossexual e a drag queen, disseminando palavras de respeito e igualdade. “A humanidade precisa de mais amor e mais respeito, mais amor… Independente do que você seja, gay, lésbica, hétero… Evangélico, macumbeiro.. Enfim.. ‘Viva o amor'”, defende o artista, que já lançou o single Mexe o bum, bum, em publicação na rede social.

Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe uma resposta